Foda terapia pela WEB Cam, vem experimentar

domingo, 7 de junho de 2009

Hoje é dia de festa privada

Ela adora exibir-se. Não tanto em publico, mas em privado para mim. Adora tirar fotos, daquela que só nós os dois sabemos de quem são.
Desta vez não foi excepção. Muita tesão e desejo por já não nos vermos há algum tempo.
Mas ela tinha outra coisa em mente. Uma deliciosa sessão fotográfica para registar aqueles momentos de desejo. E eu que queria tanto comê-la primeiro, mas fiz-lhe a vontade para ver até onde ia.
Fotografei a sequência com que tirava a roupa. O meu caralho super teso pedia que o satisfizesse. Assim o fiz com uma mão ao mesmo tempo que segurava na máquina fotográfica com a outra. Ela excitava-se ainda mais ao saber que a qualquer momento eu a iria foder por completo.
Tirei mais de 100 fotos. Algumas completamente à sorte para ver o que apanhava. Apanhei-lhe o corpo e mente em completa loucura ansiando por se entregar. Iniciou uma frenética masturbação com tudo a que tem direito. É sem dúvida uma especialista nesta matéria. Fechou os olhos e ali ficou a gemer cada vez mais. Um sofrimento e desejo que telepaticamente recebi. Eu sabia bem o que ela queria. De rabo alçado ela contorcia-se de prazer. O orgasmo não tardava e só havia uma coisa a fazer. Larguei a máquina e enfiei este caralho gordo na sua cona faminta. Agarrei-a com força pela cintura e fodi bem fundo sem parar. Um prazer magnífico invadiu os nosso corpos. Aquela música feita de gemidos e frases ordinárias deu lugar ao silêncio por não aguentar mais a espera. Gozei imediatamente. Ela percebeu isso com se estivesse à minha espera e explodiu de prazer. Continuei a foder aquela cona apertadinha que se contraía e escorria a mistura dos nosso fluidos.
Virei-a ao contrário, de barriga para cima. Encaixei-me nela novamente. Agora apenas a acariciava e beijava abraçando-a bem. Nada mais havia a dizer. Sossegámos e ela chorou de felicidade. Há mulheres assim.

Karlos 2209

9 comentários:

  1. Que relato delicioso!!
    Ficamos à espera de algumas dessa fotos! devem estar demais!!
    É tão bom poder foder assim, cheios de tesão, de forma selvagem e a seguir ficarmos simplesmente agarrados..

    Beijos e abraços
    Os Cereja

    ResponderEliminar
  2. Um arrepio, percorreu-me o corpo todo!
    Acho que não é necessário dizer mais nada, pois não?
    beijo

    ResponderEliminar
  3. Uma sessão fotográfica que deve ter sido simplesmente arrebatadora...
    Parabéns pelo texto...
    Beijos saborosos

    ResponderEliminar
  4. Cerejas: Pudesse eu publicar algumas, mas ela não me deixa. Esta siruação passou-se há mais de um ano... bem... posso sempre tentar convencê-la.

    Peggy: Não sabes o quanto fico feliz por te sentires assim. Adoro ser o teu arrepio.

    DoisSabores: Foi e de que maneira. Por isso quando pegarem numa máquina fotográfica lembrem-se do que vos contei. Que sirva de inspiração... e terapia.

    ResponderEliminar
  5. Adorei
    "Somos todos viajantes pelas agruras do mundo, e o melhor que podemos achar em nossas viagens é um amigo honesto."

    uma boa semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Perincesa: Considero a honestidade um factor essencial em qualquer relacionamento, seja amoroso, comercial ou simples amizade. Sê bem-vinda,

    ResponderEliminar
  7. Karlos,
    Eu PRECISO dessas fotos. :)

    ResponderEliminar

Ningué precisa de saber - Foda Terapia fora de casa